Cogumelos e suas variedades

Cogumelos Cuesta Sabores

Quando você pensa em cogumelo, logo vem à cabeça a imagem de um strogonof, com bastante champignon fatiado ou então naquele shiitake servido com molho shoyu no seu restaurante japonês predileto.

O que você não sabia é que existem mais de 40 variedades de cogumelos comestíveis diferentes, cultivados especialmente para o uso culinário.

No Brasil os mais cultivados são o champignon-de-Paris (aquele usado no strogonof), o shiitake, o shimeji, o portobello e o hiratake. O Porcini que é importado da Itália e o Chileno que importamos do Chile, também são muito consumidos por aqui. Ambos, por serem desidratados, são chamados de funghi secchi.

O Portobello é uma variação do champignon-de-Paris, bem mais robusto, com textura mais rígida e aroma mais forte. Nos EUA, eles são muito consumidos, principalmente na forma de deliciosos bifes grelhados, que substituem perfeitamente qualquer carne.

O Shiitake, devido à difusão da culinária japonesa, há muito tempo já é apreciado pelos brasileiros. Com sua aparência achatada e sabor característico é muito consumido e fácil de ser encontrado.

O Shimeji que é muito popular na Ásia, também conquistou o paladar dos brasileiros. Com seu sabor delicado e aroma agradável é muito utilizado nas receitas tradicionais das culinárias asiáticas.

O Hiratake, nas suas versões salmão, branco e cinza tem sabor levemente adocicado e harmoniza muito bem em risotos e massas.

Como nem sempre é possível encontrar facilmente esses cogumelos frescos, a Cuesta Sabores desenvolveu uma linha que cogumelos secos que inclui o Portobello, o Shiitake, o Shimeji, o Porcini e o Chileno, e os tornou acessíveis a todo mundo.

A vantagem dos cogumelos desidratados é que eles duram mais na despensa, você pode tê-los à mão quando precisar e o que é melhor: devido ao processo de secagem, eles concentram e intensificam o sabor, sem perder os nutrientes, é claro. Seu uso é muito prático, basta deixa-los de molho em água por 30 minutos ou até amolecerem e estão prontos para usar.

A versatilidade deles é tão grande na cozinha, que você pode servi-los salteados, refogados, assados, grelhados, e também em sopas, risotos, molhos e purês.

Ozana Herrera